[ home ] [ a / b / d2 / vg / mod ] [ regras ]

/d2/ - Drogas

Luzes da cidade viajo o pensamento...
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
Inserir
Senha (Para excluir arquivos)

Se no ato de postagem deparar-se banido por um post que nunca fez, apele ao ban e aguarde

File: 1515616407476.gif (1,91 MB, 749x750, original.gif) ImgOps Google

 No.611

Como combater o vício?
É engraçado como você mesmo cria pequenas armadilhas tentando se convencer…
"Já virou o ano, anão… Uma vezinha só."
É literalmente como se tivesse um diabinho do meu lado.
Como os anões lidam com esse diabinho?

 No.612

Que tipo de vício?

 No.613

Primeiro passo é aceitar.
O segundo eu esqueci.

 No.618

Tendo predisposição para isso.
Ser não tiver, você vicia na primeira droga que usar.

 No.620

O segredo é não querer, ou usar até enjoar. Funciona comigo quando quero parar, mas depois de um tempo eu volto.
O segredo também é a moderação pra não atrapalhar a sua vida.

 No.621

File: 1515719513175.jpg (41,42 KB, 500x625, tumblr_owdly7Vz161tqztcfo1….jpg) ImgOps Exif Google

>>612
Cocaína, maconha e masturbação.
As duas últimas andam de mãos juntas, meu cérebro pede dopamina como se fosse água.
Cocaína já tá começando a aparecer mais comum nos "rolês" (falta de palavra melhor). Tá sendo semanal, o uso.
Tenho medo de ficar seriamente dependente.
>>613
Aceitar o que?

>>618
Predisposição para combater o vício?

>>620
Então não funciona, se você volta.

 No.624

Simplesmente pare e não fique ocioso ou em situações que te levem a comprar drogas. Aprenda a reconhecer a vontade e não usar drogas mesmo assim. Uma vez viciado sempre viciado, quebrar o vício não é perder a vontade, mas sim parar de usar, já que você ainda via querer, todo dia da sua vida.

 No.625

File: 1515767334259.gif (38,88 KB, 209x190, skeltal.gif) ImgOps Google

O melhor que posso te dizer é ocupar a mente. Quando dizem que cabeça vazia é oficina do diabo não é a toa. Quando estou ocupado com alguma coisa que eu gosto ou que tome a minha atenção eu nem lembro de me entorpecer.

 No.627

>>621
Predisposição para não viciar.
Assim como toda pessoa tem PD para emagrecer e outras para engordar.
Ser você não ter isso, não vai ter controle algum sob o que usa.

 No.629

File: 1515780342066.jpg (48,01 KB, 640x480, 1492908002244-0.jpg) ImgOps Exif Google

>>627
>>624
>>625
Obrigado, essas dicas são realmente douradas.
Mas, esse negócio de querer todos os dias, é sério mesmo?
Cacete, parece uma tortura do caralho.
Bem, hoje é sexta, né?
Então vou enfiar o pé na jaca, modo foda-se. Segunda feira eu vou cortar tudo, até refrigerante.

 No.630

File: 1515782485586.png (408,91 KB, 570x526, 1476343941731.png) ImgOps Google

>>621
Querido JOVEM, você nunca vai parar de usar uma droga depois que começa a usa-la. Essas pessoas que falam que pararam e etc são geralmente gente velha e gente velha não sente vontade mais e perdem os meios de arranjar as drogas, portanto param.
Até esse dia chegar, usar com moderação, dar uns tempos e voltar não tem problema. Aceite, maconha não faz mal e punhetinha também não. Cocaína só faz mal em altas escalas e quando você começa a vender coisas e dever pra usar.
Portanto, pare de ser gay.
MANTENHA O USO DE DROGAS APENAS DURANTE SEXTA, SÁBADO, DOMINGO E FERIADOS. FAÇA SEU CÉREBRO ENTENDER QUE FORA DESSES DIAS ESTÁ P R O I B I D O USAR DROGAS.
Funcionou pra mim, e claro, não é exatamente todo final de semana que você vai usar sem falta, você pode passar até alguns sem nada e depois voltar em outro e depois parar e por ai vai. MAS NÃO USE NA SEMANA, NUNCA.

 No.632

>>630
Obrigado.
Não sou o quotado mas precisava ler isso.
Also, cocaína faz muito mal e corta sua grana toda.
É melhor desistir de vez.

 No.633

File: 1515792443918.jpg (16,45 KB, 396x384, 1484137443418.jpg) ImgOps Exif Google

>>629
>hoje é sexta
>segunda eu paro
Eu conheço muito bem essa lógica.

 No.638

File: 1515851492809.jpg (52,26 KB, 572x601, 1513275728692.jpg) ImgOps Exif Google

>>630
Você diz como se conhecesse.
Nossas vidas não são parecidas.
Não posso mais ficar doidão todo final de semana, existem pessoas ao me redor que ficam magoadas e preocupadas comigo mesmo.
Existem também, diversos fatores que eu não relatei no post.
Pesando na balança, eu preciso homem acima e enfrentar a realidade.
Agradeço seus conselhos, você deve ter dito com boas intenções, mas vou ter que recusar educadamente.

>>633
Também sei bem.
A ressaca que estou sentido nesse momento também sabe.
Meu Deus, como eu queria morrer.

 No.639

>>638
>se me conhecesse*

 No.651

>>629
Obviamente diminui com o tempo, mas se alguém falar "drogas", por exemplo, você já vai sentir a fissura.

 No.652

>>630
É assim que se fica completamente viciado, anão. Da primeira vez que você usar drogas sem sair de casa, já estará indo ladeira abaixo, será só uma questão de tempo até essa separação se quebrar. Mente de viciado é fornicação, não pode dar um tempo, tem que ser mão de ferro para parar com o vício.

 No.655

File: 1515980114096.png (42,76 KB, 237x330, 1513526648840.png) ImgOps Google

OP aqui.
Nunca abusei de mim mesmo como esse final de semana.
Meu peito bate lentamente, e sinto até agora uma enorme sensação de dever cumprido e bem estar.
Sei bem o quão perigoso é isso, mas é o caminho que vou seguir.
Quando virar 00:00, isso vai acabar.
Existem métodos de parar, correto?
Vou tentar o infame "cold turkey", sentirei os efeitos da abstinência lá para terça ou quarta-feira.
Cacete, como eu tô chapado, kek.
Boa sorte para todos que desejam parar, e o dobro de sorte apenas para mim.

 No.656

>>655
Also, lavem louça enquanto chapados. É bom pra caralho.
https://www.youtube.com/watch?v=H_9uS39YHyQ

 No.663

>>655
É melhor segurar essa abstinência da mesma vontade que tem de abusar de drogas.
Como disse acima: Quem não tem predisposição a controlar, jamais controlará o vicio e a vontade de usar qualquer coisa.

 No.665

File: 1516055000583-0.jpg (17,47 KB, 552x414, 1500440249227.jpg) ImgOps Exif Google

>>611
Corte contato com quem usa e não compre mais quando acabar. O pior da abstinência passa em mais ou menos, uma semana. Uma trip de cogumelos ou LSD também ajuda.

Estou pensando em comprar umas gramas eu mesmo, pois preciso largar da Maria Joana rapidamente.

 No.667

>>663
2 dias completamente sóbrio até agora.
Não vou mentir, sinto uma leve vontade, mas nada que não possa ser controlável.
Olha isso, eu tava em outro planeta, não escrevi coisa com coisa. >>655


>>665
Não tenho contatos com vendedores de LSD ou Cogumelos.
Aqui nessa cidade é, maconha, pó e bala. Uma merda.

 No.670

File: 1516064990195.jpg (31,48 KB, 438x438, cachorro caralho.jpg) ImgOps Exif Google

>>665
>recomendando trip de NBOMe/cogumelo pra cortar a vontade de fumar maconha
Você sabe que na verdade depois dessa trip, a maconha vai ser bem sem graça ou até mesmo ruim, não sabe?

 No.686

File: 1516143534547.jpg (63,01 KB, 480x360, 1497475211159.jpg) ImgOps Exif Google

>>670
Sei sim, cogumelos arruinaram a maconha pra mim por três
fodendo meses. Porém, isso não tira o fato que uma trip psicodélica ajuda em praticamente, todos os vícios.

 No.688

>>686
Ou piorar o que já está cagado.

 No.689

File: 1516158915179.gif (237,27 KB, 500x357, lain2.gif) ImgOps Google

3 dias sóbrio.
As horas não passam, puta que me pariu. Tá foda, tá muito foda. A fissura tá GRITANDO.
Tomei muito café e bati minha punheta. Estou sujo, fedendo e com a cabeça explodindo.
Não devia ter estourado a boa, no final de semana.
Não devia mesmo. Agora já foi.
>>655
COMO ISSO SÓ FOI A DOIS DIAS ATRÁS? PARECE QUE FOI NA SEMANA PASSADA. CARALHO. INFERNO.

 No.690

>>686
Sr. Anão da Silva, eu preciso cortar TODOS os narcóticos.
TODAS AS DROGAS.
É ISSO, OU EU PERCO TUDO.
NÃO, NÃO DÁ PRA FUMAR UM BASEADINHO, NEM COMER UM CHAMPIGNON DIFERENCIADO.

 No.692

>>667
Esse tipo de coisa é melhor pegar na internet mesmo, seja em dark web para o LSD ou simplesmente em alguma loja online para os cogumelos, já que não são proibidos.

>>689
Tente tomar um banho e sair de casa, se mantenha ocupado.

 No.697

File: 1516215877277.gif (2,13 MB, 300x300, 1515383850045.gif) ImgOps Google

Metade do terceiro dia.
Dor de cabeça, muito café, bati uma punheta de 15 minutos e não cheguei ao clímax. Mantenho tudo fechado por causa da dor de cabeça.

>>665
Mais ou menos uma semana, né?
Eu olho pro calendário e não acredito. É quarta-feira. Puta que pariu, parece que foi semana passada que eu decidi ficar sóbrio.
Aos colegas que vão tentar o modo "peru gelado", não estourem a boa. Não façam uma "pela última vez." É caro, é idiota, e é pior ainda para parar.

>>692
Vou sair pra comprar pão, encher o pneu da bicicleta, sei lá. Se eu ver um conhecido enquanto passar pela praça, vou sair correndo.

 No.699

File: 1516239879122.png (209,92 KB, 600x390, apenas.png) ImgOps Google

Eu tenho que esperar dar uma da manhã para contar mais um dia, mas o relógio tá de mal comigo.
Que se foda.
4 dia sóbrio. Mal-estar persistente, dor de cabeça, má disposição. Tomo 4 canecas de café com leite por dia, é a única coisa que parece dar uma aliviada. Mas eu sinto meus dentes começando a ficar fodidos pelo excesso de café. Foda-se, só quero que essa merda passe. Vou tomar minha vacina para febre amarela, e seu tiver alguma reação alérgica/efeito colateral eu não vou aguentar sóbrio não.

 No.701

>>689
Anão, o negócio é o seguinte. Meu pai era extremamente viciado em álcool e cigarro, mas ele conseguiu parar abruptamente, igual você estava querendo fazer. O que ele diz que fez ele conseguir parar fácil assim foi substituir esses vícios por outros vícios. Tente arranjar algo que você gosta e concentre seu esforço nisso. Comece a jogar um joguinho, assista animes, veja séries, faça esporte, tanto faz. Força, anão.

 No.702

File: 1516309930342.jpg (27,44 KB, 460x460, suzane.jpg) ImgOps Exif Google

>>632
Cocaína é a pior, não sei como alguém consegue viciar. E olha que já usei DIVERSAS vezes.
>>638
Tranquilo cara, deve ser foda passar por isso, mas boa sorte ai na sua jornada.
Eu por exemplo parei com a maconha e fiz até um post lá no "bump quando high", tive umas recaídas nos rolês mas estou firme e forte, não vou no corre mais e muito menos sinto falta. Só fumei porque tava rolando lá e eu já tava bem alterado.
>>652
Eu acho que cada um tem sua metodologia, eu dei a minha.
>>656
CARALHO, SIM, ACHEI QUE SÓ EU TINHA ESSA BRISA. TEVE ÉPOCA QUE EU DEIXAVA ACUMULAR DE PROPÓSITO SÓ PRA FAZER ISSO.
>>699
Cara, quando você sentir vontade de usar droga pega e sai correndo na rua igual aqueles caras fitness, mas faça isso até seus pulmões explodirem e suas pernas arriarem. É uma coisa que eu faria se tivesse nesse pico que você tá.

 No.710

File: 1516313089172.gif (495,89 KB, 500x286, lain3.gif) ImgOps Google

>>701
Eu tenho tocado muito violão. A única coisa positiva desde que fiquei sóbrio. Peguei algumas músicas que a alguns meses, eu nem ia tentar. Blackbird, From the sun do UMO. Voltei a jogar Skyrim e Papers, please. Fico com os olhos ardendo por jogar sem parar. É a única coisa que faz o tempo passar mais depressa.

>>702
SIM!
Merda, vou sentir falta de fazer isso, kek. Vai ser uma das coisas que eu mais vou sentir falta, lavar louça chapado e ouvindo Pink Floyd.
Eu até daria uma de Forest Gump, mas eu sinto uma má disposição fodida. É como se eu estivesse gripado 24 horas por dia, entende? Mas eu estou me sentindo um pouco melhor, meu corpo está começando a entender que a farra acabou.


Obrigado pelo apoio, anões. Vocês não sabem a força que estão me passando.

 No.711

>>710
Force a correr, no começo é difícil. Mas depois de um tempo é capaz de você sentir até falta de correr se parar.

 No.714

File: 1516327287437.jpg (477,1 KB, 1280x1013, diivbysandykim2.jpg) ImgOps Exif Google

>>711
Não dá. Fora de questão. Não sou gordo, nem nada mas não consigo nem me imaginar eu correndo nesse sol desgraçado com todo esses sintomas de abstinência.
5 dia sóbrio aqui, seguindo para a primeira semana. Os sintomas aliviaram bastante, acho que a parte ruim já foi embora. Sinto apenas dificuldades para dormir e esporádicas dores de cabeça. Daqui pra frente é só lidar com a vontade, não é? Dizem que é o mais difícil, dá para entender o motivo.

 No.716

>>702
Chegou o anão que nunca foi viciado provavelmente não usou o bastante e acha que tem controle sobre a fissura que ocorre no corpo.

 No.717

Eu tenho fé que você vai conseguir, OP!
Continue respondendo nessa thread todos os dias, faça disso um hábito.
Mesmo que todos parem de te responder aqui, eu vou me certificar de entrar todo dia para acompanhar seu progresso!
Vou entrar nessa contigo e parar de fumar a Mary Jane.

 No.720

>>717
Secundado. Também sempre entrarei para ver seu progresso. Não estou tentando parar, mas estou dando uma diminuída também. Boa sorte, anão.

 No.731

File: 1516411313314.gif (187,19 KB, 855x855, 1515791613801-2.gif) ImgOps Google

>>717
>>720
Obrigado, de verdade.
Eu pensei em deletar essa thread. Meu objetivo era criar uma thread para quem quisesse dicas para parar, ou ao menos controlar os danos, só que eu estou usando mais como um "Querido diário", kek. Talvez meus relatos possam ajudar alguém, além de mim.
Enfim, sexto dia sóbrio, indo para a primeira semana. Estou me sentindo melhor, mais disposto e proativo só que cheguei em um problema.
Um amigo me chamou pra ir no AP dele, ouvir música e tocar alguma coisa. É óbvio que vai ter drogas. Eu não acho que eu estou preparado para ir e ficar de boa no meu canto, mesmo eu só sentindo a fissura agora, enquanto relato para vocês. Ele é um amigo bem próximo, não quero cortar contato com ele por isso.
Também não sei se vou me permitir um tapinha esporádico ou coisa do tipo. Me deprime pensar em tudo que eu vou abrir mão. Realmente, como o anão ali de cima disse, uma vez viciado, sempre viciado.
Relatar isso me deixou ansioso, vou beber um copo de café. Talvez eu volte a fumar cigarros, não sei. Os sintomas físicos foram quase embora, a vontade contínua a mesma, os pensamentos não mudam. Não sei o que fazer.
Mais uma vez, obrigado a todos pelo apoio. Duvido que eu teria indo tão longe sozinho.

 No.732

File: 1516411656936.png (300,83 KB, 500x376, 1512780290394.png) ImgOps Google

>>731
Bateu uma paranoia aqui, que eu estava contando os dias errado, só contabiliza de verdade quando passa da meia-noite. Estou ficando danificado, kek.

 No.733

>>731
Não, anão, não se permita nem fumar um cigarrinho em dias de superação!
Você vai estar trocando um vício pelo outro, e acredite em mim, largar o vício de cigarro é bem mais difícil do que coca ou maconha.
Mas pra não dar uma de careta, se permita beber quando for sair para festas e afins, claro, não bebendo até desmaiar.

 No.738

File: 1516473659494.gif (785,94 KB, 267x200, 1516309331779.gif) ImgOps Google

>>731
Eu não vejo problema em um tapinha esporádico.

 No.740

File: 1516480637617.jpg (60,69 KB, 540x582, 1514586499237.jpg) ImgOps Exif Google

>>733
Tem razão, anão. Eu fumaria de maneira pesada se voltasse.

>>738
Agora que eu estou um pouco mais lúcido, dar um tapa esporádico ia me alterar muito, pois com o tempo minha resistência vai subir… Tenho medo de recair de vez. Mas também não sei até onde eu vou levar esse objetivo. Não vou conseguir parar "pra sempre."


Hoje aconteceu algo curioso, levantei e fui abrir a minha caixinha que usava de esconderijo inconscientemente. Óbvio que não tinha nada lá, mas o que eu faria se tivesse? A mente de um viciado é uma coisa perversa, você só se sente você mesmo alterado. Não dá pra você simplesmente parar e não fazer nada, sua mente divaga e pensa, "nessa hora eu tava fumando unzinho."
Não sinto mais sintoma físico algum, sinto-me muito deprimido. Ler essa thread do começo ao fim virou um ritual.

 No.741

Não me considero o tipo de pessoa viciada em maconha, mas as vezes sinto uma puta vontade de fumar um.
Não fumo maconha todos os dias, fumo numa freqüência considerada razoável, que é só nos finais de semana, mas muitas vezes tem finais de semana que não fumo.
Apesar disso, acho que o que me mantém de não fumar direto é a falta de dinheiro, visto que não trabalho, e também porque prometi a mim mesmo que não ia pedir dinheiro pra minha mãe para comprar maconha(não sou underage, sou vagabundo mesmo).

 No.743

File: 1516551130158.png (156,65 KB, 591x605, 1515791507080.png) ImgOps Google

>>741
Eu também tinha alguns códigos de conduta de drogas. [spoiler] mas é claro acabei quebrando.[/spoiler]

-Não fumar maconha.
-Não fumar maconha todo final de semana.
-Não fumar maconha nos dias de semana.
-Não fumar maconha perto de casa.
-Não fumar maconha em casa (checkpoint para possível vício.)
-Não usar outras drogas além de maconha.
-Cocaína uma vez na vida, outra na morte.
-Cocaína apenas nos finas de semanas.
-Não usar cocaína todos os dias.

E por aí vai, você coloca esses "tabus" de drogado para tentar se controlar, ou pelo menos demonstrar um tipo tosco de respeito a si mesmo, ou aos outros em sua volta. Se você não for forte, não vai servir de nada.
Se você pensa em parar, pare. Se você for forte para usar e isso não afetar você, ou os outros que convivem contigo, (o que eu acho raríssimo, nunca conheci alguém assim), porque você deve parar?
Pese os prós e os contras e tire sua conclusão.

 No.745

File: 1516560140885.gif (7,61 MB, 267x480, anão indo pro mundo.gif) ImgOps Google

Hoje eu tomei a decisão que irei parar de fumar cigarro, alguma dica? Não posso me dar ao luxo de comprar adesivos ou etc.

 No.747

>>745
Já faz duas semanas que parei pois estava gastando um maço por dia além de estar me matando aos poucos, sei que faz pouco tempo mas para mim já é uma grande conquista depois de tantos anos fumando. Tente evitar qualquer coisa que lhe faça lembrar do hábito, desde o cinzeiro até o lugar que você costumava fumar, só de pensar neles já me sobe a vontade, cortei tudo que fosse possível de me trazer uma "nostalgia". Evite principalmente ficar muito tempo ocioso, na minha opinião isso é o que mais complica nessa parte, ter os dedos vazios e não ter aquela fumaça na boca vai fazer falta nessas horas, se ocupe com outras atividade e fique longe de "fumódromos". Nos primeiros dias usei rapé para aliviar a ansiedade, porém vi que não era mais necessário, o principal é apenas que mantenha a disciplina e a força de vontade, boa sorte, anão.

 No.749

File: 1516578332020.jpg (44,55 KB, 480x480, k.jpg) ImgOps Exif Google

>>745
Use isso, pelo menos no começo.

 No.751

File: 1516591635802.png (1,46 MB, 1008x720, ClipboardImage.png) ImgOps Google

É isto, anões.
Primeira semana, de muitas outras que virão.
100% sóbrio por 7 dias.
168 horas.
Para alguém que não podia ficar com os dedos vazios que já se sentia ansioso, é um enorme avanço.
Mas é só a primeira semana. Ainda estou longe de estar completamente limpo.
Um dinheirinho apareceu magicamente na minha carteira, kek. Incrível como ficar sóbrio é econômico!
Devo uma enorme parte dessa pequena vitória a vocês.
Não pretendo mais relatar aqui frequentemente, quero encarar isso como um capítulo na minha vida que foi fechado.
Ainda sim, espero que essa thread ajude outros anões do mesmo jeito que me ajudou.
E como ajudou, hein!
O diabinho do meu lado ainda está vivo, e ainda vai estar por toda minha vida, mas ele já não me controla mais.
Anão ainda é irmão, no final das contas.
Obrigado a todos, de verdade!
Até logo!

 No.752

>>751
Parabéns, estou feliz por você.

 No.754

File: 1516613391303.gif (406,02 KB, 500x488, 1lZ16ey.gif) ImgOps Google

>>751
Parabéns, anão.

Anão é irmão!

 No.758

File: 1516647815001.jpg (9,97 KB, 242x231, joinha.jpg) ImgOps Exif Google

>>751
Meus parabéns, anão, também estou contigo nessa, boa sorte para nós e até logo!

 No.760

>>740
>>751
Na minha opinião maconha não precisa ser cortada a menos que isso esteja te impedindo de fazer outras coisas, só que talvez você queira se estabilizar de vez antes de usar qualquer coisa, mesmo que sejam cigarros ou bebida. Acho bom você ir na casa desse seu amigo alguma hora para ter um teste do próprio vício e para aprender a se divertir com eles sem usar drogas. Also, não se esqueça de avisar para seus amigos que você parou de vez, assim eles param de te oferecer drogas, se eles não pararem, se livre deles.

Parabéns pela primeira semana de sobriedade, espero que consiga muito mais. Se você estiver perto de uma recaída, sinta-se livre para postar nesse fio, acho que isso só iria enriquecer o ambiente para outros anões com os mesmos problemas.

 No.765

Consegui parar de fumar de maconha pela preguiça de ir comprar.

 No.772

>>745
Anão aqui, fui beber e foi a desgraça, fumei um maço inteiro.

 No.774

>>772
Sinto sua dor, anão, pra mim a cerveja e o cigarro são a melhor combinação, porém se mantenha forte, quando estiver bebendo tente enfiar na sua cabeça que o álcool já basta, não saia para comprar um maço e se tiver um não leve-o, pois a tentação é maior. Costumava também a fumar um maço facilmente em uma noite com álcool, o que já é um exagero, se mantenha centrado e com bastante disciplina, eu acredito em você, anão, você consegue sair dessa, apenas lembre-se do mal que isto está te causando e, se estiver com mais alguém, lembre que também fará mal a ela igualmente.

 No.775

File: 1516837154290.gif (38,59 KB, 471x700, 1515791613801-0.gif) ImgOps Google

>>772
Entendo você, anão.
Nossa luta é desleal, somos como uma porra de equilibrista , qualquer coisa é passível de nos derrubar, e ter que começar tudo de outra vez…
Sem contar que a gente luta contra os nossos próprios desejos, algo que vai totalmente além da natureza humana.
Não se abata, mas também não se conforme. Você tem força para mudar. A mudança precisa vir de dentro de ti, anãozinho.
Você consegue!

 No.776

>>775
>somos como uma porra de um equilibrista*
>ter que começar tudo de novo, mais uma vez*

Peço perdão pelos erros, estou com febre e com uma dor de cabeça terrível.

 No.778

File: 1516917622916.png (56,57 KB, 600x434, 1503941905022.png) ImgOps Google

>>775
>>774
É automático, eu bebo 1 copo de cerveja e do nada estou com um cigarro na boca e assim vai até acabar a carteira. Eu já cheguei a vasculhar cinzeiro, chão do centro da cidade procurando bitucas ou qualquer lugar que um cigarro no chão pela metade.

 No.779

>>774
O meu erro foi ter que trocar 50 reais, só pensei em compra um maço e ir pro boteco.

 No.780

>>778
>>779
Caralho, anão, já cheguei ao ponto de vasculhar o cinzeiro também, mas bitucas do chão? Isso é realmente preocupante, se realmente está nessa situação tente buscar ajuda em alguma UBS em sua cidade, eles oferecem sessões comunitárias para curar o vício em tabaco, por ser pública a fila as vezes podem ser de meses, eu mesmo me inscrevi no meu desespero porém antes de ser chamado já tinha conseguido finalmente parar. Busque um tratamento urgente e boa sorte, anãozinho.

 No.781

>>765
Tinha que ser maconheiro. Estou no mesmo caminho.

 No.790

>>765
>>781
Mesma coisa aqui, subir o morro é desgostante, e lidar com playboy metido a traficante me cansa. Eu só queria um contato que fosse branco e profissional.

 No.799

File: 1517174272266.png (564,88 KB, 1280x720, ClipboardImage.png) ImgOps Google

OP aqui.
Fiz merda ontem.
Acabei descobrindo que "aquele" amigo estava numa cidade próxima a minha, na qual eu estava viajando.
Fumamos 3 baseados na praia "pelos velhos tempos".
Me sinto controlado apesar de tudo. Sei que é só isso e acabou, não tem mais hoje e nem amanhã. Meu corpo não pediu mais, nem sinto fissura. Claro que erva é mais tranquila. Graças a Deus ele só tinha erva.
Fico triste por ter quebrado o meus dias totalmente sóbrio, mas fico feliz também por ter aprendido a separar um momento do outro.
De volta ao começo…

 No.803

>>799
>de volta ao começo…
Não acho que houve regresso, Anão. Você mesmo disse que não sentiu fissura e soube a hora certa para cada coisa. Sua relação com as drogas (pelo menos a maconha) parece ter mudado para melhor.

 No.815

File: 1517327050804.jpeg (56,13 KB, 645x773, 06E495D0-F993-4BB1-BE41-5….jpeg) ImgOps Google

Outro anão viciado aqui.

Meu pai é alcoólatra e eu, obviamente, tenho tendêndica.
Isso ficou nítido há alguns anos, quando comecei a beber cachaça durante a semana e ia para a faculdade com leve ressaca.

Também comecei a fumar maconha com alta frequência mais ou menos na mesma época, mas me ajudou a segurar com a bebedeira por um tempo.
Não durou muito no entanto, e desandou de vez quando passei a fazer ambos a uma frequência alarmante.

Nesses últimos três anos, depois de alternar períodos de sobriedade e desperdício de vida, o fim do ano me jogou num loop de vício. Leia-se: férias.
Agora me vejo preso em casa, com medo de sair e comprar mais bebida. Ou acender um baseado simplesmente por parecer necessário.

Não tenho conseguido ficar sóbrio, morar sozinho não ajuda. E infelizmente já estou pensando em comprar cachaça e algo pra misturar pois “dessa vez será a última vez”. Ou seja, literalmente a mesma coisa que eu disse ontem.

Comprar cachaça pra me sentir mal, inútil e fracassado; alimentar meu vício e aumentar minha sociabilidade à toa, considerando que não tenho ninguém além da internet para passar vergonha e falar besteira.

E acho que logo mais comprarei de novo.

 No.816

File: 1517335112228.jpg (1,27 MB, 1920x1200, lain30_b.jpg) ImgOps Exif Google

>>803
Pois é, acredito que sou um homem bem diferente hoje, do que esse >>655.
Pra ser sincero, sinto até um pouco de vergonha de ter escrito esse post, parece até que foi com outra pessoa.
O problema é a minha insegurança de saber separar os momentos, entende?
Meu maior medo é ter uma recaída grave e perder o controle…
Devia ter dito não, agora já era…

>>815
Você não está sozinho, anão. Se ler esse post inteiro, vai perceber que eu e você enfrentamos nosso vício de maneira semelhante. Quando criei esse tópico, já passava pela minha cabeça[spoiler]De maneira bem vaga,[/spoiler]a ideia de parar com todas as drogas.
Álcool, cigarro, cocaína e maconha.
A primeira semana foi muito difícil, me sentia fisicamente afetado todos os dias, ainda somado com a fissura.
Postar aqui me dava forças, e ler os comentários dos anões torcendo por mim me dava mais animo ainda de mudar.
Você consegue sair dessa, eu consegui. Só não posso te iludir dizendo que vai ser fácil, porque não é. O primeiro jato de água fria do chuveiro é sempre o mais gelado, depois você vai se acostumando.

 No.817

>>816
Cacete, como se usa spoiler nesse chan?

 No.819

>>816
Fracassei. Estou nas primeiras doses.

Desejo-te sobriedade na sua 1uest, caro anão.

 No.820

>>819
Te desejo o mesmo, anão.
Me entristece um pouco, pois acredito que você pode ser capaz de mudar.
Força.

 No.821

>>817
Olá marujo. Em quase todos os chans é com dois asteriscos em volta do spoiler. Sei que é marujo porque só a caravela faz o spoiler assim.
*.*Exemplo.*.*
Sem os pontos, seu idiota.

 No.823

>>821
Ah, sim.
Teste.
Eu não visito o 1500 faz tempo, era meu chan favorito, só que o movimento diminuiu muito, hoje deve ser um navio fantasma.

 No.824

>>820
Mais um dia, mais uma tentativa.

Obs. Devo comentar que o movimento nesta board está surpreendentemente bom.

 No.825

File: 1517409741317.jpg (673,99 KB, 1920x1200, lain42_b.jpg) ImgOps Exif Google

>>824
Boa sorte, anão.
Beba café, ajuda muito mas escove seus dentes depois, tomei litros e litros de café nas horas apertadas da abstinência e meus dentes estão ficando amarelos, fode não.


Verdade.
Percebi que criei a thread mais deprimente da board inteira. Já vi até gente falando sobre essa thread no mar de mijo. Espero de coração que possa estar ajudando alguém, além de mim.
Relate aqui no fim do dia, como foi sua luta, ok?

 No.829

>>825
Fracassei novamente.
Pedi ajuda,
terei ajuda.
Aguardem relatos.

E obrigado, anão. Preciso mudar minha vida.

 No.831

>>829
É um grande passo para frente, pedir ajuda, anão.
Não se sinta mal por isso. Você está indo na direção certa para mudar.
Lerei todos os seus relatos, e entrarei nesse thread todo dia para trocarmos experiências, e eu vou tentar ajudar no que puder.
Fica com Deus, irmão.

 No.832

Anão da thread de sintetísticos.
Mantenha o pé firme, crie objetivos e foque nos mesmos.
Costumava ter algumas bad escrotas pós uso de drogas e não sabia como as controla-las.
Tente usar esse método para aliviar a tensão no vicio e boa sorte.

 No.833

>>832
Oi, anão.
Me conte sobre seu uso.
Você controla os danos? Eu queria usar esse método, mas não tenho auto controle nem disciplina para me abster desse jeito.
Acabei cortando tudo de uma vez, pulando de cabeça na água fria.
Fiquei 2 semanas inteiramente sóbrio, mas tive uma recaída no último final de semana.
Você pensa em parar?

 No.835

>>831
Anão é irmão, caralho.

 No.836

File: 1517444955097.jpg (64,69 KB, 500x500, artworks-000260713667-jcng….jpg) ImgOps Exif Google

>>833
Boa noite, anão.

>Você controla os danos

Creio que é impossível alguém controlar os danos provocado pela droga. Ser fosse possível algo, não existiriam pessoas drogadas/viciadas.

>não tenho auto controle nem disciplina para me abster

Então está na hora de você criar um choque de realidade para si próprio.
Pegue um espelho, sente-se na frente do mesmo e converse consigo.
Fale sobre seu atual estado, o que pretende no futuro e as implicações que suas atuais atitudes estão lhe causando.
Tem que ser uma puta reflexão para seu cérebro entender que você está literalmente fodido e precisa de ajuda para seguir em frente.
Pequenas metas são essenciais no inicio do processo.
Acorde cedo;
Evite ficar acordado até tarde no computador ou celular;
Opte por ler um livro a noite em vez de ficar na frente do computador;
Afaste qualquer tipo de influência direta ou indiretamente, que o faça a lembrar de drogas;
Faça exercícios leves em casa;
Coloque um tênis e uma roupa simples e vá correr no parque ou em um ambiente próximo da sua casa;
Crie rotinas atrás de rotinas até seu cérebro entender que você pretende está livre.
O seu vicio está no seu cérebro.
https://neuroscienceknowledge.wordpress.com/2015/02/22/um-pouco-sobre-o-cerebro-drogas-o-prazer-e-o-vicio/

>Você pensa em parar?

Penso quando consolidar uma família e o sonhado emprego que almejo.
Por enquanto, uso sintéticos para aliviar o estresse do mundo monótomo. No final somos todos drogados e busca do êxtase dos deuses.

 No.841

Impressionante como um vicio deturpa a mente. Tenham cuidado com álcool, anões.

Este será meu primeiro dia sóbrio em semanas, acho.

 No.842

>>841
Falei besteira, anão.
Queria dizer "Redução de danos."
A redução de danos, mais popularmente conhecida pela sigla RD, pode ser considerada um paradigma, uma abordagem ou uma perspectiva, e é utilizada para proporcionar uma reflexão ampliada sobre a possibilidade de diminuir danos relacionados a alguma prática que cause ou possa causar danos.
[…]
A RD é também uma política pública oficial do Ministério da Saúde do Brasil, e de diversos outros países, para lidar de forma adequada com problemas que podem ser gerados pelo uso de álcool e outras drogas.[…] Redução de danos não pode ser confundida com incentivo ao uso de drogas, embora fundamente-se no princípio da tolerância ou respeito às escolhas individuais.

Provavelmente você já deve saber o que é, mas acho que isso pode interessar outros anões em reabilitação.

Eu não tenho auto controle para entrar nesse método, anão. Pra mim sempre foi 8 ou 80, ou eu usava "pouco" por diversos dias, ou parava e estourava a boa. Não tenho fibra para usar de maneira regular ou saudável, se é que isso seja possível.
Só consegui ficar sóbrio efetivamente, quando cortei tudo e me tranquei pateticamente em casa.

>>841
Pois é, anão. O primeiro dia é o mais fácil, você sente a falta, mas nem tanto. Seu sistema não está nem perto de estar limpo.
Você é esse >>829? Relate como foi o pedido de ajuda, e o que você pretende fazer. Vai ser de grande valor para a thread.

 No.843

File: 1517581623357.jpeg (29,03 KB, 379x388, A66C7096-550D-45B3-B3AE-B….jpeg) ImgOps Google

>>842
Sou eu mesmo.

1. Não bebi ontem, mas fumei.

Não conto como uma derrota porque sempre foi mais fácil parar com a erva, mas admito que também não foi uma vitória.
No fundo há um sentimento de que só estou enrolando, afinal, ficar chapado está longe da sobriedade. Ainda assim, passar um dia sem álcool foi importante.

2. Quanto à maconha, eu também preciso reduzir a frequência, mas chegou o final de semana e meu amigo maconheiro estava aqui ontem, virá aqui hoje. Acho que você sabe como essa história termina. Mas como eu disse, pedi ajuda.

O que eu fiz foi me abrir e me expor: falei para meus amigos não me oferecerem álcool. Basicamente assumi minha fraqueza. Além disso, o tal amigo ficou com a minha chave e estou trancado.
Sim, trancado. Medidas drásticas, talvez fundamentais para começar uma verdadeira reabilitação, aposto minhas fichas.

3. Com o meu nível de consumo, é muito difícil parar com tudo perceba a lógica deturpada aqui . Então, para me ajudar a largar a bebida, talvez fume mais algumas vezes até domingo. Estou aqui assumindo um fracasso, basicamente.

Infelizmente, passar o fim de semana sóbrio será um verdadeiro desafio.
Já tinha alguns convites antes, então será difícil escapar de ambientes com bebida. Só ficando em casa, que aliás, realmente está acontecendo, mas continuar trancado pelo fim de semana é deprimente. Remete-me, inclusive, à época em que eu também bebia todos os dias, anos atrás. E não saia de casa porque estava deprimido.

4. Sou um fracassado, anãozinho?
Pergunta retórica. Eu sei a resposta.
Ainda assim, quero melhorar, só estou em processo de me iludir cada vez menos; e contar os segundos sem álcool, até que virem minutos, horas, dias, semanas, meses. Até que eu não precise mais contar.

Peço desculpas pela muralha e pelo mimimi.

 No.844

File: 1517597675681.jpg (674 KB, 1920x1200, lain2.jpg) ImgOps Exif Google

TL;DR: Você está no caminho certo, mantenha-se firme.

>>843
Anão, tive que rir. Parece que você sou eu! Passamos EXATAMENTE pelas mesmas coisas.
Eu também tenho um "daqueles" amigos, e na primeira vez que nos encontramos depois de eu ficar sóbrio que foram por aproximadamente 14~16 dias acabamos fumando 3 baseados.
Estávamos de viagem em uma praia, o ambiente era diferente mas mesmo assim. Cocaína e álcool nunca mais. Estou a 20 dias sem álcool ou cocaína. É a minha maior vitória.
Agora vamos lá.

>Não conto como uma derrota porque sempre foi mais fácil parar com a erva, mas admito que também não foi uma vitória.


Colocando em uma balança, é mais uma vitória que derrota.
Apesar de ser uma droga, todos nós sabemos que a maconha é muito menos agressiva que o álcool. Seu primeiro passo já foi dado, você pediu ajuda para outros, coisa que eu não tive coragem de fazer. Você tem todo um suporte para te ajudar a sair dessa. Não se cobre tanto, nossa caminhada pode ser em passo de pinguim, só precisa ir para frente.

>mas chegou o final de semana e meu amigo maconheiro estava aqui ontem, virá aqui hoje. Acho que você sabe como essa história termina. Mas como eu disse, pedi ajuda.


Ah, anão. Ô se sei. É a coisa que mais vou sentir falta. Escutar e fazer música louco até os ossos no AP do meu melhor amigo.

>Com o meu nível de consumo, é muito difícil parar com tudo.


Entendo sua lógica, anão. É o meio que nossa consciência acha para nos "recompensar" pela falta dos outros vícios.
Cogitei voltar a fumar cigarros, mas um sábio anão >>733 me mandou a real. Infelizmente é uma armadilha da nossa cabeça. É a única coisa que eu não posso te aconselhar, pois não sei como é sua relação com a maconha. Não quero estimular um possível vício, mas também sei como ela pode ser um refúgio para amenizar a abstinência. Isso aí é com você.

>continuar trancado pelo fim de semana é deprimente.

Nos 7 primeiros dias que eu relatei aqui, eu fiquei completamente trancado em casa. Devo ter saído para comprar pão algumas vezes, mas eu não coloquei meu pé na cidade. É a nossa maneira de combater o vício. Faz mais bem do que mal, então fique tranquilo.

>Sou um fracassado, anãozinho?

Não, anão. Falo isso com toda a minha convicção, você não é. Repito, você deu um passo muito importante na sua jornada.


Pode usar quantas linhas quiser para desabafar, é de graça e eu lerei tudo.
Continue firme, anão.

 No.850

Falhei, OP.

Vou tentar passar a semana sóbrio e beber só no carnaval.

Sendo razoável, depois disso espero ficar limpo até o começo de março.
E me limitar a fugir da sobriedade 2 vezes por mês. Parece controlado o suficiente, mas só o tempo dirá.
Se eu perceber que nem isso me faz bem, será melhor cortar indefinidamente.


Cuidem-se, anões.

 No.851

File: 1517793066814.jpg (441,2 KB, 1920x1200, lain12_b.jpg) ImgOps Exif Google

É, anões.
Finalmente eu entendi o motivo de eu ter entrado nas drogas e posteriormente adquirido um vício.
Estou deprimido há meses, talvez anos.
Hoje, após mais uma semana sóbrio eu senti uma imensa tristeza sobre mim.
Não quero mais postar aqui, não quero mais continuar aqui.
O que eu sinto é um imenso desânimo, uma sensação de isolamento insuportável,o medo permanente de uma vaga infelicidade, uma total falta confiança nas minhas forças, uma absoluta ausência de desejo, uma incapacidade de encontrar qualquer divertimento que seja.
Dos quase 30 dias que eu monitoro e posto nessa thread, esse é o fundo do poço. Nenhum sintoma físico de abstinência. Parece um enorme ruído branco sobre mim. É desesperador.

 No.852

>>851
Você frequenta psiquiatra e/ou psicólogo?

É um bom começo.
Sou o anão com tendência a alcoolismo e me identifiquei com o que você escreveu.
Antes das drogas, comecei a ir ao médico. Posso falar que os medicamentos ajudaram mesmo sem diagnóstico certeiro. Foi um processo longo e, às vezes, literalmente doloroso.
Sobrevivi e estou aqui, não vou dizer que foi ou é fácil.

Parece absurdo sugerir mais drogas para alguém que quer parar, mas vale a tentativa.
Pelo menos uma vez, ou um mês de terapia, qualquer coisa já vale a tentativa.

Não sei se escrevi muito bem. Peço desculpas pois estou emocionado.
Leve o seu tempo, mas não pense que a dor é eterna. Por bem ou por mal, nada é.

 No.853

>>852
Frequento semanalmente uma psicóloga pelo plano de saúde.
Ela recomendou em visitar um psiquiatra, mas temo não ter recursos/forças para isso.
Achei que ia conseguir atravessar tudo isso limpo.
Estou indo desde o ano passado, tenho mais um mês de terapia com ela.
>Leve o seu tempo, mas não pense que a dor é eterna.
Eu quero acreditar, anão. Mas as últimas vezes que eu me senti verdadeiramente feliz, eu não era eu.
E o pior, que eu não sei se o que sinto é a falta das drogas, ou é realmente algo que eu sempre carreguei comigo.

 No.863

File: 1518070718773.jpg (3,29 MB, 1920x1200, lain18.jpg) ImgOps Exif Google

E aí, anões?
Como vão passar o carnaval?
Pretendem passar sóbrios ou vão fazer a famosa "exceção?"

 No.874

File: 1518258249712.jpg (68,8 KB, 504x470, 1503975133153.jpg) ImgOps Exif Google

Estou fazendo intercâmbio e estou cada vez mais me afundando no alcoolismo. Eu já saio da aula pensando aonde eu vou beber e sempre estou com uma garrafa de vinho na mochila para emergências, acho sem graça a vida estando sóbrio.

 No.882

Puta merda, anões, como parar com o café/cafeína? Essa merda é muito difícil de largar.
Parei com o tabaco facilmene no fim do ano passado sem nenhuma dificuldade, mas já o café… meusa migos, é outra história. Alguém tem alguma dica? Já tentei ficar tomando apenas chá e sempre acabo voltando para o café.

 No.884

File: 1518700635032.png (620,79 KB, 597x580, 1518661477224.png) ImgOps Google

Como fazer minha namorada parar de fumar cigarro?
Consigo controla-la evitando que ela use algo pesado, só deixo ela usar coisas naturais, e é o que ela gosta mesmo, mas não consegue parar com a merda do cigarro.

 No.887

>>884
Sou o >>882 e parei cold turkey, cheguei a realização de que o cigarro só faz mal e simplesmente cortei o uso, ainda fumo maconha. No começo não foi fácil, mas é só ter bastante força de vontade.

 No.896

>>882
>>887
OP aqui.
De todos os vícios, o único que não abri mão foi o do café.
Todo dia, eu tomo de 2 a 3 copos grandes de café com leite.
Isso só fode ainda mais minha gastrite, mas como o Max Payne uma vez disse. Um vício por vez.

 No.899

>>863
Muitas drogas e ressaca social violenta.
Briguei com a pessoa que tentou me controlar com a bebida.

Sente lixo, homem.
A depressão chegou, meusa migos.

 No.900

>>896
Tomei um energético no sábado, hoje já fui pra faculdade sem tomar café, agora vou tentar ficar sem tomar a tarde.
Vamos ver no que da, posso dizer que já estou com uma pequena dor de cabeça desde as 9h mais ou menos.



[Voltar][Vá para o topo] [Catalog] [Post a Reply]
Deletar Mensagem [ ]
[ home ] [ a / b / d2 / vg / mod ] [ regras ]